Associação

Após algumas tentativas do passado finalmente em 2013 saiu do papel a Associação Brasileira de Cubo Mágico. A iniciativa tem como objetivo dar legitimidade e representatividade ao esporte no Brasil. Ter uma instituição que tenha valor dentro e fora do país é importante para obter recursos, incentivar a modalidade, realizar competições, reconhecer títulos nacionais etc. Por essa razão a ABCM foi fundada e há muito a se trabalhar em seus primeiros anos para que se solidifique e represente o maior número possível de cubistas brasileiros.

História de Fundação

Com as constantes dificuldades de reunião e debate dos vários entusiastas espalhados pelo país um grupo se formou para dar o pontapé inicial desses desafios. Com objetividade foram reunidos alguns membros da comunidade cubística para discutir os trabalhos iniciais, além de traçar diretrizes sobre os eventos do futuro. Para que não houvesse questões tendenciosas foram reunidas pessoas com histórico participativo no cubo e também recém chegadas, com olhar diferente e questionador, visando assim manter o grupo mais heterogênio.

O primeiro grupo foi formado pelos cubistas: Camila Oliveira, Carlos de Alcântara, Daniel Buck, Éder dos Santos, Gabriel Dechichi, Juliana Oliveira, Leandro Alleoni, Leonardo Tambellini, Matheus Oliveira, Pablo Cristian, Pedro Santos, Rafael Cinoto, Renan Cerpe, Rinaldo Pitzer, Rodrigo Ybarra, Walter Pereira e Willian Fidêncio. Desse primeiro grupo, em eleição interna, saiu a primeira diretoria com 9 componentes: Carlos de Alcântara, Daniel Buck, Éder dos Santos, Juliana Moreno, Leandro Alleoni, Pablo Cristian, Pedro Santos, Rafael Cinoto e Willian Fidêncio. E com esses pioneiros nasceu a ABCM.

Diretoria

Éder dos Santos

Éder dos Santos, entusiasta do cubo desde 2009, fundador da Cubo Mágico Goiás associação pioneira no país e modelo para outros estados. Delegado da WCA desde 2013 e sonha com um futuro sem sofrimento e dor quando existir um embaralhador automático para megaminx e cubos grandes.

Fabio Seiji

Fabio Seiji, mais conhecido como Newbie devido a sua imensa habilidade na resolução do cubo mágico. Eleito o melhor Staff do campeonato mundial, está sempre disposto a ajudar.

Gabriel Pitali

Gabriel Pitali, estudante de Engenharia da Informação. Desde 2009 é apaixonado pelo cubo mágico e tudo relacionado a ele. Ainda não terminou de decorar as OLLs, mas está disposto a se dedicar para o crescimento do esporte no Brasil.

Gustavo Penaforte

Gustavo Penaforte, representando o Nordeste brasileiro, já organizou diversos campeonatos na região, mas nunca conseguiu bater o SAR do 2x2.

João Gabriel

João Gabriel, estudante de ciências aeronáuticas, adora cubo mágico e viagens, encontrou desde 2011 uma forma de unir seus hobbies em uma coisa só. Delegado da WCA desde 2015 sonha em terminar de decorar o fridrich e em resolver o cubo vendado em menos de 20 minutos.

Marlon Marques

Marlon Marques, apesar de participar da comunidade recentemente, já organizou o seu primeiro campeonato e está planejando o próximo! Entusiasta do Fewest Moves, estuda muito bem seus movimentos pra que sua quantidade seja a menor possível.

Pedro Santos

Pedro Santos, foi o primeiro delegado brasileiro da WCA e hoje é um dos 3 membros do Board da associação. Um dos cubistas mais experientes do país e um grande incentivador do esporte.

Rafael Cinoto

Rafael Cinoto, 29 anos, é formado em psicologia, estuda matemática e é professor de Cubo Mágico. Delegado da WCA desde 2009, participou de mais de 50 campeonatos oficiais, sendo em mais de 20 como delegado.