Oficina de Cubo Mágico

 

Oficinas de Cubo Mágico

 

ABCM – Associação Brasileira de Cubo Mágico

www.abcubomagico.com.br

facebook.com/abcubomagico

 

Histórico

            O cubo mágico foi inventado em 1974 e tornou-se o brinquedo de maior sucesso da história, sendo comercializado à partir de 1980.

            Esteve presente nas prateleira de muitos lares inclusive como objeto de decoração.

            Em 1982 houve um campeonato mundial, mas provavelmente pela sua dificuldade de resolução, o interesse no cubo diminuiu na década de 90, quando os métodos para solucioná-lo eram pouco conhecidos.

            Nos anos 2000, graças à internet, que possibilitou a disseminação de métodos simples de resolução do cubo mágico, ele voltou a chamar a atenção do público, principalmente o infanto-juvenil.

            Hoje qualquer um pode aprender a montar o cubo se tiver o auxílio de alguém que saiba montá-lo. Temos notícias de crianças com 2 anos de idade que aprenderam a montar e idosos com mais de 80 anos que continuam se interessando pelo cubo e quebra-cabeças similares.

            Em 2003 houve o segundo campeonato mundial e a partir daí, com a criação da Associação Mundial do Cubo Mágico (http://www.worldcubeassociation.org/), os campeonatos começaram a ser frequentes e regulamentados.

            No Brasil, o primeiro campeonato de cubo mágico aconteceu em 2007 e em 2015 o Brasil sediou, na cidade de São Paulo, o Campeonato Mundial de Cubo Mágico, que contou com 423 competidores de 37 países diferentes.

            Em 2016 foram 35 campeonatos distribuídos nas 5 regiões do país. Hoje o Brasil está entre os 4 países com o maior número de cubistas e são nos campeonatos que muitos deles têm a oportunidade de se encontrar pessoalmente, pois muitos se comunicam apenas pela internet.

 

Justificativa

            O cubo mágico é um tema que chama a atenção de pessoas de todas as idades e também da mídia, que sempre está presente nos campeonatos de cubo no Brasil. Um campeonato, com a presença de um representante da Associação Mundial, é a única forma de uma pessoa entrar para o ranking oficial mundial de cubo mágico. Uma oficina antes do campeonato permite que mais pessoas possam aprender a resolver esse quebra-cabeça, aproveitando a atenção criada em torno do campeonato.

            A imagem do cubo mágico é sempre relacionada a pessoas inteligentes e especiais e seu aprendizado afeta positivamente a auto-estima, melhora a coordenação motora e a concentração além de desenvolver a visão espacial.

 

 Objetivo

            Divulgar a cultura do cubo mágico promovendo práticas saudáveis ao cérebro.

            Alguns pais relatam melhora na sociabilidade dos filhos após aprenderem a resolver o cubo mágico e até melhora no quadro de ansiedade.

            O aprendizado do cubo mágico não tem fim, são dezenas de métodos e milhares de fórmulas que possibilitam a pessoa de se desenvolver em seu próprio ritmo e a troca de algoritmos é uma constante de socialização entre praticantes.

            O cubo mágico pode ser utilizado como ferramenta de inclusão, pois pode ser ensinado a resolver com apenas uma das mãos, com os pés e até mesmo para deficientes visuais.

 

Público alvo

            A oficina é indicada para pessoas de 10 anos de idade ou mais, mas crianças mais jovens também podem participar; porém. podendo apresentar maior dificuldade e, portanto, um aprendizado mais lento na maioria das vezes.

           

Período

            A oficina pode ser realizada em dois dias por um período de 3 a 4 horas por dia, ou dois períodos no mesmo dia.

            Ela pode ser repetida em vários dias para atingir um público maior ou melhor aprendizado das etapas.

           

 Infraestrutura

            São necessárias mesas e cadeiras para acomodar os participantes.

            Pode ser solicitado aos participantes que tragam seus cubos mágicos ou podem ser providenciados de 20 a 30 cubos para ficarem disponíveis como empréstimo no local, nesse último caso será necessário um oficineiro extra que ficará responsável pelo controle dos cubos.

 

 Orçamento

            O custo de uma oficina é de R$ 500,00 por oficineiro por período de 4 horas. Aconselha-se que haja um oficineiro para cada 8 a 10 pessoas.

  

Contato

 

Rafael Cinoto ou

Fábio Seiji

abcubomagico@gmail.com